quinta-feira, 21 de junho de 2018

Modelo baiana radicada no México é mais uma brasileira com carreira na Europa e América Central

Montagem: Portal BNC
“Quando comecei no mundo da moda não imaginava que um dia podia ser miss, mas como muita gente falava que eu tinha perfil de miss... mas nunca foi algo que eu queria ser... foi uma coisa que foi acontecendo, foi surgindo a oportunidade e de repente honradamente representei meu Estado no Miss Brasil em São Paulo. Não deixou de ser uma grande experiência e uma honra”. Falou modelo que hoje mora no México.
Do Portal BNC, Por Aluysio Morais
Quinta-feira, 21 de junho de 2018 (16:02:49)

Nascida em Santo Antonio de Jesus, cidade pacata do interior da Bahia, hoje com pouco mais de 100 mil/hab e radicada no México, a modelo Laíra Gomes vem se destacando cada vez mais no mundo fashion.


Pesando 51kg que são bem distribuídos em 1,72m de altura, a jovem modelo de 25 anos de idade representou seu estado em São Paulo no Miss Brasil Turismo, quando as portas começaram se abrirem e logo começou a fazer trabalhos na Europa e América Central.

Em entrevista exclusiva ao Portal BNC a linda jovem falou sobre vários segmentos, dentre eles sua ida para o exterior, estudo, mundo miss, enfim... “Quando comecei no mundo da moda não imaginava que um dia podia ser miss, mas como muita gente falava que eu tinha perfil de miss... mas nunca foi uma coisa que eu queria ser... foi algo que foi acontecendo, foi surgindo a oportunidade e de repente honradamente representei meu Estado no Miss Brasil em São Paulo. Não deixou de ser uma grande experiência e uma honra”. Disse a modelo.

Essa linda morena de olhos, oura verdes, oura azuis, mostra porque faz tanto sucesso na Europa e América Central, onde fez vários trabalhos no mundo da moda.

Veja a entrevista completa logo abaixo...


B N C – Com quantos anos você começou a modelar?
Laíra Gomes – Comecei no mundo da moda aos 12 anos de idade, mas tive que parar devido aos estudos. Comecei a fazer arquitetura e só retornei ao mundo da moda aos 21 anos, ou seja, faz 4 anos e atualmente só trabalho como modelo.

B N C – Quais suas principais dificuldades no início de carreira?
Laíra Gomes – A principal dificuldade que inclusive eu acho que são para todas as modelos é encontrar uma boa agência, uma agência digna de uma modelo séria...
Foto: Eddy)

B N C – Como e quando você começou no mundo da moda?
Laíra Gomes – Comecei a modelar quando mudei do interior da Bahia, mas precisamente da cidade de Santo Antonio de Jesus quando me mudei para a capital Salvador. Foi aí que tudo começou.

B N C – Modelar sempre fez parte dos seus sonhos?
Laíra Gomes – Sim! Sempre quis ser modelo, sempre me espelhei na Gisele Bundchen e Andréia Lima.

B N C – O que significa o mundo da moda para você?
Laíra Gomes – Significa expressão até porque você usar e fazer o que quiser.

B N C – Qual lado bom da moda?
Laíra Gomes – O lado bom da moda é a forma que você tem de se expressar.

B N C – E o ruim?
Laíra Gomes – O ruim são os padrões da moda, ter que ser magra, bonita, ter 2m de altura, olhos azuis, enfim... (risos), muito embora que hoje estão mudando um pouco mais isso.

B N C – Você já foi assediada nesse mundo de puro glamour?
Laíra Gomes – Com relação ao assédio eu acredito que exista em todas as profissões, é impossível fugir dele...

B N C – Quem é Laíra Gomes modelo e Laíra Gomes pessoa?
Laíra Gomes – Laíra Gomes modelo é superprofissional, é uma pessoa que você olha na foto e diz: ‘Nossa como é que você consegue...?” (risos) e Laíra Gomes pessoa é uma menina brincalhona, cheia de vida, extrovertida, que ver o lado bom das coisas e que maldade não existe por parte dela.

B N C – Quando você iniciou no mundo da moda imaginaria que um dia participaria de um concurso de beleza?
Laíra Gomes – Quando comecei no mundo da moda não imaginava que um dia podia ser miss, mas como muita gente falava que eu tinha perfil de miss... mas nunca foi uma coisa que eu queria ser... foi uma coisa que foi acontecendo, foi surgindo a oportunidade e de repente honradamente representei meu Estado no Miss Brasil em São Paulo. Não deixou de ser uma grande experiência e uma honra.

B N C – Como foi sua experiência no mundo miss?
Laíra Gomes – Foi algo interessante, algo novo em minha vida. Nunca tinha desfilado, não é a mesma coisa de ser modelo, mas foi uma experiência única e que só me trouxe boas lembranças...

B N C – Como você vê hoje os concursos de beleza no Brasil?
Laíra Gomes – Sobre concursos de beleza no Brasil eu acho que precisa muito mais empenho e valorização das empresas que dirigem os concursos de miss. O Brasil tem muitas meninas legais, belas e bonitas e que tem potencial de vencer um Miss Universo como a baiana Martha Vasconcelos em 1968.

B N C – A que se deve sua ida à Europa e à América do Norte?
Laíra Gomes – Comecei a minha carreira internacional um pouco tarde, de normal as meninas começam a viajar com 17/18 anos e eu comecei viajar um pouco tarde, com 24 anos, mas também por um lado foi bom porque estou mais madura e segura sobre a minha profissão.

B N C – Como a modelo brasileira é vista na Europa pelas outras modelos quando o assunto é trabalho? Há algum ciúme por parte de algumas?
Laíra Gomes – As modelos brasileiras são muito bem vistas na Europa até porque as grandes modelos mundiais são brasileiras, então não tem questão de serem brasileiras ou não... a competição existe independentemente do país que você veio.
Foto: Irina Isquierdo

B N C – Se tivesse que mudar algo em seu corpo o que você mudaria?
Laíra Gomes – Eu mudaria meu pé porque ele é muito feio (risos). Eu dançava, fiz um pouco de balé e isso o modificou um pouco (risos).

B N C – Qual a parte do seu corpo que você mais gosta?
Laíra Gomes – São os olhos, eles são bem expressivos, não somente pela a cor, mas eu consigo passar muita emoção por eles.

B N C – Se você encontrasse o gênio da lâmpada e tivesse que fazer 3 pedidos, quais seriam esses pedidos?
Laíra Gomes – 1º) Há, se encontrasse o gênio da lâmpada, eu ia pedir para ficar com minha família sempre perto porque uma das piores partes dessa carreira de modelo é ficar longe dos familiares; 2º) Que eu juntamente com minha linda família tivesse muita saúde para o resto da vida; 3º) Realizar todos meus sonhos.

B N C – Mesmo estando atualmente no México, para quem você tiraria o chapéu aqui no Brasil?
Laíra Gomes – Tiro principalmente para minha mãe, porque ela é maravilhosa, guerreira, batalhadora e mesmo estando aqui no México ela faz parte da minha vida, sem dúvida.

B N C – E para quem não tiraria?
Laíra Gomes – Para os políticos que só tende a piorar nosso País, que estão acabando com um País lindo como é o Brasil.

B N C – Desde já queríamos aqui agradecê-la por nos ter concedido essa linda entrevista e ao mesmo tempo desejar-lhe muito sucesso em sua vida profissional e como de costume finalizarmos nossa entrevista realizando um jogo rápido. Uma viagem inesquecível;
Laíra Gomes –

B N C – Um momento;
Laíra Gomes – Quando fui morar em São Paulo. Naquele momento foi uma divisão grande porque foi quando me ‘separei’ da minha querida família para morar sozinha.

B N C – Um ídolo;
Laíra Gomes – Gisele Bundchen.

B N C – Uma virtude;
Laíra Gomes – Simpatia.

B N C – Um defeito;
Laíra Gomes – Ansiedade; sou ansiosa até demais.

B N C – Um sonho;
Laíra Gomes – Meu maior sonho é poder fazer um Projeto Social na África.

B N C – Amor;
Laíra Gomes – Meu namorado (risos).

B N C – Uma cidade;
Laíra Gomes – São Paulo.

B N C – O que não pode faltar em sua bolsa;
Laíra Gomes – Carregador de celular isso não pode (risos).

B N C – Um filme;
Laíra Gomes – Como sou um pouco geek e adoro filmes de heróis vai à sequência de filme Avengers.

B N C – Um livro;
Laíra Gomes – Pai rico, pai pobre.

B N C – Uma frase;
Laíra Gomes – “YOLO (You Only Live Once) que é uma frase que sempre uso na vida e significa que você tem que viver intensamente porque apenas se vive uma vez”.
Modelo baiana dos olhos verdes mostra porque faz tanto sucesso na Europa e América Central (Foto: Andres Iarsen)
Modelo baiana dos olhos ora azuis, oura verdes mostra porque faz tanto sucesso na Europa e América Central (Foto: Andres Iarsen)
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: 
Modelo baiana dos olhos verdes mostra porque faz tanto sucesso na Europa e América Central (Foto: Israel)
Modelo baiana dos olhos verdes mostra porque faz tanto sucesso na Europa e América Central (Foto: Thuany Marcante)
Modelo baiana dos olhos verdes mostra porque faz tanto sucesso na Europa e América Central (Foto: Thuany Marcante)
Foto: Snow
 Foto: 
Modelo baiana dos olhos verdes mostra porque faz tanto sucesso na Europa e América Central (Foto: Pacz)
Modelo baiana dos olhos ora azuis, oura verdes mostra porque faz tanto sucesso na Europa e América Central (Foto: Pablo Anton)
Foto: Pablo Anton
Modelo baiana também mostra toda sua sensualidade diante de várias fotos (Foto: Vanessa Martins)
Modelo baiana também mostra toda sua sensualidade diante de várias fotos (Foto: Arquivo Pessoal)
Modelo baiana também mostra toda sua sensualidade diante de várias fotos (Foto: Vanessa Martins)
Foto: Arquivo Pessoal
Modelo baiana dos olhos verdes mostra porque faz tanto sucesso na Europa e América Central (Foto: Andres Iarsen)

Foto: Pablo Anton
Foto: Aguspared

Foto: Arquivo Pessoal

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Conheça as 32 candidatas ao título de Musa da Copa do Mundo 2018


Do Futebol Interior,
Segunda-feira, 18 de junho de 2018 (23:11:00)

Campinas, SP, 12 (AFI) - Superando até mesmo os Jogos Olímpicos, a Copa do Mundo é o evento esportivo mais assistido do mundo. Em 2018, 32 seleções se reúnem novamente para disputar o título mais importante do futebol mundial que acontecerá na Rússia. Enquanto as seleções se preparam para darem um show de bola por lá, o concurso Musa da Copa do Mundo apresenta as 32 musas que já estão batendo um bolão por aqui em busca do título de torcedora mais bela.
Destaque para a Musa do Brasil, Giselle Saran, que foi escolhida pelos produtores da revista Sexy após uma seletiva envolvendo mais de 4 mil candidatas. Já ostentando as faixas, as musas entram em concentração total para a final que acontecerá no dia 27 de junho, em São Paulo.

Por decisão dos jurados, as três primeiras colocadas que subirão ao pódio também estarão na capa da edição especial da Copa da revista Sexy, que chegará às bancas em julho.
Campeã da edição 2014, a modelo Carol Machado conta que está animada para saber quem levará o título desse ano.
“Como atual campeã, fiquei animada com esse novo time de musas. Com certeza as seleções de todos os países estão muito bem representadas por essas gatas. Resta agora saber para quem vou passar a faixa. Também estou curiosa para conferir o ‘entrosamento’ das campeãs no ensaio nu. Quero ver gol de placa!”, brincou a modelo.
MUSA DA ALEMANHACarol Borges – 26 anos

MUSA DA ARGENTINARenata Alves – 30 anos;

MUSA DA ARÁBIA SAUDITALiane Nóbrega – 33 anos;

 MUSA DA AUSTRÁLIAJéssika Bittencourt – 25 anos;

 MUSA DO BRASIL – Giselle Saran - 35 anos;

 MUSA DA BÉLGICA – Dani Leal – 25 anos;

 MUSA DA COLÔMBIAElah Bitencourt – 26 anos

 MUSA DA COREA DO SULYasmin Albuquerque – 24 anos

 MUSA DA COSTA RICAFrancielly Bertolucci – 25 anos

 MUSA DA CROÁCIA – Michelle Beus – 27 anos

 MUSA DA DINAMARCA – Tamires Rocha – 25 anos

 MUSA DA ESPANHA – Aline Lisboa – 28 anos

 MUSA DA FRANÇA – Júlia Menezes – 30 anos

 MUSA DA INGLATERRA – Luanda Fraga – 28 anos

 MUSA DA ISLÂNDIA – Vanessa Andrade – 27 anos

 MUSA DA NIGÈRIA – Janne Ferreira – 25 anos

 MUSA DA POLÔNIA – Vivi Santana – 28 anos

 MUSA DA RÚSSIA – Thainá Del Rei – 25 anos

 MUSA DA SUÉCIA – Leeh Senna – 22 anos

 MUSA DA SUÍÇA – Flávia Tamayo – 20 anos

 MUSA DA SÉRVIA – Margarida Lima – 24 anos

 MUSA DA TUNÍSIA – Kellen Nazari – 26 anos

 MUSA DE PORTAUGAL – Kéllyta Tharsys – 23 anos

  MUSA DO IRà– Layse Policarpo – 30 anos

 MUSA DO JAPÃO – Elga Shitara – 26 anos

 MUSA DO MARROCOS – Sol Nascimento – 30 anos

 MUSA DO MÉXICO – Sheyla Mell – 28 anos

 MUSA DO PANAMÁ – Wanessa Almeida – 26 anos

 MUSA DO PERU – Gisele Karoline – 24 anos

 MUSA DO SENEGAL – Stephanie Silveira – 23 anos

 MUSA DO URUGUAI – Suzy Ribas – 31 anos