terça-feira, 20 de outubro de 2015

Propostas mal intencionadas sempre irão acontecer no mundo fashion cabe a cada um saber se defender – diz modelo

Fotos na praia/ Arquivo Pessoal e com faixa de Miss/ Tauan Alencar
Do Portal BNC, Por Aluysio Morais
Terça-feira, 20 de outubro de 2015 (11:30:01)

A modelo brasiliense, Gabriela Lacerda, tem 18 anos de idade, 1,69m de altura e pesa 53kg, em entrevista ao Portal BNC, falou da sua vida no início carreira, e quando perguntada sobre propostas mal intencionadas de trabalho ela falou: “Infelizmente já recebi sim. Acho que a maioria já. Tem que tomar muito cuidado com isso, pessoas mal intencionadas existem em todos os lugares, cabe a nós sermos espertos e termos cabeça feita para saber lidar com isso”.
Gabriela tem medidas que vão de 89cm de busto, 63cm de cintura e 92cm de quadril, se prepara para mais um desafio que é ganhar o Miss Mundo Distrito Federal 2016, evento que está previsto para o mês de fevereiro.
Leia entrevista com a modelo:


B N C – Você foi influenciada por alguém no início da carreira de modelo?
Gabriela Lacerda – Na verdade não, tudo começou muito do nada e graças a Deus tive o apoio da família. Uma coisa levou à outra e fui me apaixonando cada vez mais por essa vida.

B N C – Ser modelo sempre fez parte dos seus sonhos?
Gabriela Lacerda – Na verdade tornei-me modelo por acaso. Vi uma oportunidade para conseguir experiência para ser Miss que sempre foi um grande sonho que tive, então uni o útil ao agradável e acabei gostando da carreira.

B N C – O que significa para você ser modelo?
Gabriela Lacerda – É um sonho. Significa ter força de vontade e muita determinação. A concorrência realmente é grande e o mercado da moda aqui em Brasília ainda está em processo de crescimento. Mas tem que correr atrás e ser persistente, mas claro, mantendo sempre os pés no chão.

B N C – Você se espelhou em alguém no começo da carreira?
Gabriela Lacerda – Tudo começou quando assisti o Miss Brasil 2007 e vi a Natalia Guimarães. Fiquei encantada com tanta beleza, elegância e presença de passarela. Queria ser como ela, queria aquilo para mim. Encantei-me completamente com o “Mundo Miss” e estava disposta a correr atrás desse sonho e agora estou aqui batalhando por ele.
B N C – Quando você começou no mundo da moda, imaginaria que seria miss um dia?
Gabriela Lacerda – Como falei anteriormente, na verdade foi o principal motivo para eu ingressar nesse mundo. Vi a oportunidade perfeita para aprender tudo o que precisava para realizar meu sonho. Acredito que o teatro também me ajudou e ajuda em questão da timidez e de oratória. Essas duas coisas fiz visando ser miss futuramente, porém acabei gostando de ser.

B N C – O que despertou o mundo da moda em você?
Gabriela Lacerda – O mundo miss. Antes eu não via muitos editoriais nem desfiles, não era muito antenada, quanto a isso, nem tinha noção alguma, mas acabei gostando quando comecei, tanto que até comecei a fazer a faculdade de design de moda.

B N C – Quando você percebeu que levaria jeito para encarar o desafio do mundo fashion?
Gabriela Lacerda – Na verdade eu não percebi, foi tudo um aprendizado. O fato de que antes eu fazia teatro foi o que ajudou bastante, porque de início eu era muito tímida e foi o que me ajudou a ficar mais desinibida. Quando eu ingressei no mundo na moda foi tudo muito novo, então tive que aprender tudo. Ppara ser sincera eu não tinha noção alguma de moda, então por interesse meu comecei a ir atrás dos meus objetivos por conta própria.

B N C – Você com apenas 13 anos foi eleita Garota Asa Norte em Brasília. Como tudo aconteceu para que você participasse daquele concurso?
Gabriela Lacerda – No meu colégio estavam entregando panfletos para se inscrever no concurso Garota Asa Norte e Garota Asa Sul. Vi então a oportunidade perfeita para correr atrás de um sonho. Em casa mostrei para meus pais e eles apoiaram, então fui à pré-seletiva tentar... tiveram várias etapas e depois que ganhei foi um gás a mais para continuar correndo atrás desse sonho.

B N C – Como você se sente em ter ganhado o Miss Asa Norte 2 vezes, em 2011 e em 2015, consagrando-se assim Miss Asa Norte 2016?
Gabriela Lacerda – Para mim é uma honra, é uma emoção inexplicável.. Lógico que também tem muitas barreiras,  muito o que aprender e o que precisa ser melhorado, mas são os desafios que fazem de você um ser tão especial.

B N C – Qual lado bom da fama?
Gabriela Lacerda – Ainda não sei [risos]. Não sinto que sou famosa ainda, então não dá para dizer, mas acredito que seja o reconhecimento e o carinho de quem gosta daquilo que você faz.
 Foto: Tauan Alencar
 Foto: Tauan Alencar
Foto: Hugo Rafael
Foto: Renato Braga
B N C – Quem é Gabriela Lacerda modelo e Gabriela Lacerda pessoa? Gabriela Lacerda – Acho que não há tanta diferença, até porque não uso mascaras,  procuro sempre ser eu mesma. Sou alegre, espontânea, gosto de fazer as pessoas rirem e sou mega determinada quando quero alguma coisa. Creio que a única diferença é que a “Gabriela Lacerda modelo” procura tomar mais cuidado com as atitudes como qualquer outra pessoa em seu ambiente de trabalho.
B N C – Alguém já tentou puxar seu tapete no mundo fashion para se beneficiar de algo?
Gabriela Lacerda – Graças a Deus comigo nunca aconteceu.
B N C – Como você define essas pessoas que agem dessa forma?
Gabriela Lacerda – Acho isso bem triste. São pessoas que não acreditam em si mesmas e querem derrubar quem elas acreditam que é “melhor” do que elas. Acho esse tipo de atitude coisa de quem é pobre de espírito.
B N C – Você já recebeu alguma proposta de trabalho mal intenciona no mundo da moda?
Gabriela Lacerda – Infelizmente sim. Acho que a maioria já. Tem que tomar muito cuidado com isso, pessoas mal intencionadas existem em todos os lugares, cabe a nós sermos espertos e termos cabeça feita para saber lidar com isso.
B N C – Qual seu maior sonho?
Gabriela Lacerda – Ser Miss Brasil.
B N C – Uma pergunta que talvez seus fãs gostem ou talvez  não. Como está o coração com relação ao amor?
Gabriela Lacerda – No momento estou com uma pessoa especial sim.
B N C – Qual a parte do seu corpo que você mais gosta?
Gabriela Lacerda – cintura
B N C – Se tivesse que mudar algo em seu corpo, o que você mudaria? Gabriela Lacerda – Minha altura, mas... [risos]
B N C – Uma viagem;
Gabriela Lacerda – Viajar para o Egito.
B N C – Um momento;
Gabriela Lacerda – Qualquer lugar tranquilo com as pessoas que eu amo.
B N C – Uma virtude;
Gabriela Lacerda – Determinação. 
B N C – Um defeito;
Gabriela Lacerda – Perfeccionismo.
B N C – Um ídolo;
Gabriela Lacerda – Natalia Guimarães.
B N C – Um livro;
Gabriela Lacerda – A mulher V
B N C – Uma frase:
Gabriela Lacerda – “Não é a aparência, é a essência. Não é o dinheiro é a educação. Não é a roupa, é a classe.”
 Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal
 Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Rodrigo Ribeiro
Foto: Roberto Viana
 Foto: Roberto Viana
Foto: Roberto Viana

Nenhum comentário:

Postar um comentário