terça-feira, 10 de outubro de 2017

Modelo mineira Poliana Mazzo fala da sua paixão pelo jornalismo

Montagem: Portal BNC/Foto: Arquivo Pessoal
Eu amo comunicação e sempre admirei a profissão de jornalista e, o poder que ela tem de mudar a vida das pessoas”. Diz modelo/jornalista.
Do Portal BNC, Por Aluysio Morais
Terça-feira, 10 de outubro de 2017 (17:45:06)

Nascida em Carmo do Paranaíba, cidade aproximadamente 350km da capital Belo Horizonte a jovem modelo Poliana Mazzo de 26 anos de idade e 56kg bem distribuídos em 1,72m de altura, não só brilha nas passarelas como modelo, mas também brilha e encanta o público como jornalista, que além de um talento extremos ainda conta com sua beleza natural.


Segundo a jornalista muito mudou desde o Miss Minas Gerais 2013 quando a beldade representou a cidade do Carmo do Paranaíba Muita coisa mudou, principalmente a ingenuidade. Na época dos concursos, eu acreditava muito nas pessoas e pouco em mim. Hoje acredito mais em mim e menos nas pessoas”.  Desabafa modelo.

Quando perguntada sobre sua escolha no mundo da notícia, seguramente respondeu: “Eu amo comunicação e sempre admirei a profissão de jornalista e, o poder que ela tem de mudar a vida das pessoas”. Disse e concluiu: “Foi um sonho que amadureceu com o passar do tempo. Não busquei jornalismo para suprir a ausência do mundo miss, mas o mundo miss me ajudou a ter certeza que era isso que eu queria”.

Vale salientar que a linda Poliana é sócia de uma loja virtual voltada para o mundo feminino, cujo nome é "QUERO SER BRIGITTE", onde você poderá fazer suas compras com segurança. É fácil e pratico: basta acessar o instagram, facebook ou ainda o whatsApp da jovem.

Leia na íntegra a entrevista completa onde a modelo/jornalista fala de assédio, jornalismo, mundo da moda, enfim...

B N C – O que significa pra você o mundo da moda?
Poliana Mazzo – Significa muito, pois foi nesse meio que comecei e algumas portas se abriram pra mim.

B N C – Ser modelo sempre fez parte dos seus sonhos?
Poliana Mazzo – Sinceramente não. Eu comecei modelar por estar dentro dos “padrões” na época, mas acabei tomando gosto pela coisa (risos).

B N C – Como e por quem você foi descoberta para esse mundo glamouroso da moda?
Poliana Mazzo – Eu comecei participando de concursos de beleza na minha cidade, a partir daí eu quis seguir nesse caminho. Eu acho que eu mesma me descobri, quando olhei no espelho e vi que eu podia ser muito mais do que as pessoas falavam que eu seria.
Foto: Arquivo Pessoal

B N C – Qual lado bom da moda?
Poliana Mazzo – O glamour e a visibilidade.

B N C – E o ruim?
Poliana Mazzo – Os sacrifícios em nome da beleza e os assédios.

B N C – Como você vê hoje o mundo da moda onde existem trocas de favores, assédios, enfim...?
Poliana Mazzo – Na verdade isso sempre existiu, mas hoje acredito que está mais descarado né?! Eu acho repugnante.

B N C – Você já foi assediada nesse mundo da moda?
Poliana Mazzo – Já fui sim, infelizmente.

B N C – Quem é Poliana Mazzo pessoa e Poliana Mazzo modelo?
Poliana Mazzo – Poliana Mazzo é a mesma em qualquer área da minha vida. Faço o que tenho que fazer sempre com muito amor e dedicação, respeitando os meus próprios valores. Sou muito profissional.

B N C – O que mudou na Poliana Mazzo Miss de 2013 e na Poliana Mazzo nos tempos atuais?
Poliana Mazzo – Muita coisa, principalmente a ingenuidade. Na época dos concursos, eu acreditava muito nas pessoas e pouco em mim. Hoje acredito mais em mim e menos nas pessoas. 

B N C – O que fez você escolher a carreira de jornalista?
Poliana Mazzo – Eu amo comunicação e sempre admirei a profissão de jornalista e, o poder que ela tem de mudar a vida das pessoas.
Foto: Arquivo Pessoal

B N C – Ser jornalista era um sonho que você já tinha ou foi para suprir a ausência do mundo miss?
Poliana Mazzo – Foi um sonho que amadureceu com o passar do tempo. Não busquei jornalismo para suprir a ausência do mundo miss, mas o mundo miss me ajudou a ter certeza que era isso que eu queria. 

B N C – Além de jornalista e modelo você tem uma loja virtual de nome QUERO SER BRIGITTE. Como surgiu a ideia de criar a loja?
Poliana Mazzo – Surgiu há alguns meses atrás. Juntou minha paixão por moda e a necessidade de ganhar dinheiro (risos).

B N C – Trata-se de uma loja voltada para o mundo feminino, masculino ou a ambos os sexos?
Poliana Mazzo – Feminino.

B N C – O que o usuário pode encontrar na loja além de roupas?
Poliana Mazzo – A princípio apenas roupas.

B N C – Como você se sente hoje sendo jornalista, modelo e proprietária de loja?
Poliana Mazzo – Atualmente consigo conciliar tudo numa boa, porque o mercado está reagindo ainda. Sinto-me feliz e ocupada (risos).

B N C – Quais os procedimentos para que o internauta possa fazer suas compras na QUERO SER BRIGITTE?
Poliana Mazzo – Pelas nossas páginas no instagram e facebook, ou por whatsApp mesmo. É bem simples. 

B N C – Para finalizarmos nossa entrevista vamos fazer um jogo rápido:
B N C – Um momento;
Poliana Mazzo – quando pisei na passarela no Miss Minas Gerais 2013, foi um momento mágico e único na minha vida.

B N C – Uma virtude;
Poliana Mazzo – lealdade.

B N C – Um defeito;
Poliana Mazzo – Minha teimosia.

B N C – Um sonho
Poliana Mazzo – Ter um canil e conseguir resgatar todos os animais abandonados.

B N C – Se tivesse que mudar algo em seu corpo, o que mudaria?
Poliana Mazzo – Meu pé.

B N C – Qual a parte do seu corpo que você mais gosta?
Poliana Mazzo – Meus olhos.

B N C – O que não pode faltar em sua bolsa?
Poliana Mazzo – Meu óculos, senão não enxergo (risos).

B N C – O que fez e que jamais faria?
Poliana Mazzo – Segredo.

B N C – Um filme?
Poliana Mazzo – Uma prova de amor.

B N C – Um livro?
Poliana Mazzo – O segredo.

B N C – Uma frase?

Poliana Mazzo – “Acredita em ti e voa!”.
Foto: Nilson Braz
Linda modelo e jornalista 
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal
 A modelo e jornalista Poliana Mazzo nas horas vagas não deixa de ir ao Estádio assistir as partidas do seu time do coração, o Cruzeiro (Foto: Arquivo Pessoal)
A jovem modelo não é sucesso apenas nas passarelas, mas também na parte jornalística (Foto: Arquivo Pessoal)
 Foto: Arquivo Pessoal
 Foto: Arquivo Pessoal
 Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Gustavo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário